segunda-feira, 19 de março de 2012

• Greve Geral a 22 de Março

Cartaz do movimento Ocupar Tudo
No próximo dia 22 de Março deste anno da graça de 2012 - que não está a ser mesmo, mesmo nada engraçado, por sinal - vai acontecer mais uma Greve Geral. Que será respeitada, com certeza quase absoluta, pela grande maioria dos trabalhadores que se podem dar ao luxo de a concretizar.

Ou seja, os funcionários públicos ou de empresas estatais ou intervencionadas pelo estado. Os mangas de alpaca de repartições públicas e os do sector dos transportes colectivos, também públicos. Os do costume.

Os outros, os de empresas privadas, arriscam muito a manutenção do seu posto de trabalho se vierem a se atrever a não bulir nesse dia. O que é pena. É como se a lei e quem deve zelar pelo cumprimento desta não quisesse saber de proteger todos por igual.

Talvez seja um pouco por aí que surge um movimento, que julgo expontâneo e não alinhado com algumas das chamadas forças da concertação social, vulgo sindicatos. Que pretende também dizer presente a 22 de Março. Que quer soltar um grito. Que já basta.

Acho que vou gritar com eles. Porque é bom que não sejam sempre os mesmos a gritar. Porque o grito desses é cada vez mais rouco e previsível. Sobretudo por isso, vou dizer o slogan dessa coisa em que nunca pus os pés: Eu Vou.

Venham daí também, leitores. Vamos fazer esta terapia de grupo.

Nenhum comentário: