sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

• La política

"La política es la prostituta más cara que hay ahorita. Y la más fea, además."
Subcomandante Marcos*

E o fatal do seu proxeneta é a economia, Marcos!… Apraz-me acrescentar. E perdoa se te estrago o raciocínio, meu caro Subcomandante.

Esta economia mundial, da qual todos dependemos, em maior ou menor grau, que subjuga hoje em dia todo e qualquer ideal político, independentemente da sua valia, justiça, oportunidade ou humanitarismo.

Nem que a santa desta rameira quisesse, um dia por outro, vá lá, ser boazinha con nosotros… aparece logo o odioso cabrão do chulo a cortar as vazas porque sim e a lixar isto tudo!… 

E o pior é que a economia global é um Adamastor que criámos e que não sabemos agora dominar. E nem sequer os melhores "biólogos" responsáveis por este monstro conseguem prever os movimentos aleatórios dos seus tentáculos e a dimensão dos danos que podem causar. Nem aqueles que estudaram em York...

Não há ciência em que eu mais despreze o seu saber e os seus mentores que a economia.
________________________________________________________

* Esta frase é extraída do contexto de uma entrevista realizada ao Subcomandante Marcos, líder do EZLN, Ejército Zapatista de Liberación Nacional, pelo jornalista Jesús Quintero, no programa "El Loco de la Colina", da cadeia estatal de televisão espanhola TVE. Para ler a transcrição dessa entrevista, clicar aqui. Para ouvir a primeira parte desta no YouTube, clicar aqui.

Nenhum comentário: