terça-feira, 31 de janeiro de 2012

• A história repete-se

Ao fim de cerca de dez anos a esta parte, a história repete-se com a minha pessoa: I'm between jobs. Again.

Desta feita, tenho mesmo de tomar as opções de vida mais correctas. Da última vez, fui um cidadão bué rasca. Acomodei-me muito. Agora, senhores, é mister ir à luta. E vai ter de se dar um duro danado, que a conjuntura não é nada mole... 

Ainda tenho de fazer algo nesta presente existência que seja motivo para que dêem o meu nome a uma rua de Lisboa. Ou de um qualquer lugarejo, nem que seja de uma aldeia abandonada de casas de xisto no alto da serra da Lousã.

Há que fazer mais do que apenas tentar sobreviver á tona de água. Mais do que ser só uma folha seca caída, ao sabor do vento que sopra de todas as direcções.

Agora tenho de fazer acontecer. Por mim e pelos meus patrícios.

Nenhum comentário: