segunda-feira, 15 de junho de 2015

• Destroçado me sinto…

Se estes aprendizes de feiticeiro que o povo - com o seu voto ou a sua omissão de votar - democraticamente colocou em Belém e em São Bento com o pleno usufruto do poder executivo governassem na gloriosa época histórica das descobertas…

…Mandavam as caravelas todas voltar para trás e vendiam-nas ao desbarato.

Porque quem tinha enviado as caravelas mar adentro teriam sido os despesistas do anterior governo em funções, que perdeu as eleições, deixando-lhes essa pesada herança entre mãos e que não sabiam o que fazer com esta. 

Ah, e atiravam os piegas dos marinheiros todos para o desemprego. Não sem lhes sugerir que tentassem arranjar novas oportunidades de melhoria de vida na emigração para os reinos de Castela, da Flandres ou de Inglaterra. Subliminarmente, para depois poderem defender-se, parodiando com tal sugestão não passar de um mito urbano.

É essa a real dimensão da falta de visão desta gentinha, bem como das suas ignorância e cobardia política. E da nossa desgraça.

Nenhum comentário: