segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

• So what?...

So what?... Why all the fuss?… Porquê estão todos escandalizados estes líderes europeus sobre quem foi na praça pública revelado o suposto segredo de que andavam a ser escutados?

Não seria mais que previsível? Até mais que sabido por todos que todos, todos mesmo, podiam estar sob a vigilância de serviços secretos dessa nação que se arvora em polícia do mundo? E que quanto a isso pouco ou nada podemos fazer?

“Yes, we scan”. É o que nos diz este cartoon acima à laia de poster, que com imensa piada brinca com o brilhante slogan da primeira campanha eleitoral de Obama. E acrescenta: “Deal with it”. Ou como diria o grande arquitecto, “Aguenta!”.

Eu acredito que tudo isto não seja completamente do agrado e da vontade de Barack Obama. Mas é ele que dá a cara pela democracia americana. E quando nós somos eleitos presidente do mais poderoso país do mundo, a realidade a que temos de nos adaptar bate-nos de frente como um comboio. E não nos podemos desviar.

Como eu sempre disse, nesta vida até mesmo o homem que está no cargo de poder mais imponente neste mundo não passa tantas e tantas vezes de uma marioneta. Nas mãos do sistema.

O que me consola é que já vi marionetas bem piores e em absoluto totalmente mais absurdas do que o bom do Barraca Abana.
E depois, temos é que ver sempre a história por detrás da história que nos querem contar! Temos de fazer o esforço de pensar em ver sempre do que nos querem distrair.

Nenhum comentário: